08/11/2016

A dificuldade em escolher a Faculdade por Carlos

 Confesso que estou com um pouco de receio sobre o primeiro post meu aqui no blog, então já que estamos nesse tempo de vestibular e eu sei que muitos de vocês leitores estão na mesma fase que eu de descobrir o que vocês realmente querem fazer; então eu resolvi me arriscar e falar um pouquinho sobre mim dentro deste tema.
   Na visão dos meus pais o certo seria fazer primeiro o que me daria dinheiro para que eu tenha um suporte necessário para poder migrar da realidade para os nossos sonhos.
Eu sou Carlos Henrique Cavalcante, tenho 17 anos moro com meus pais, minhas duas irmãs, e um filho (Cachorro); desde pequeno sempre fui apaixonado por moda, tanto é que nunca tinha me imaginado trabalhando em uma outra área sempre amei desenhar; O meu conceito moda foge de quase tudo o que as pessoas acham normal. A moda para quem vê de fora é só mais uma futilidade aonde todos tem uma cabeça fechada e sempre reinventando coisas que já foram inventadas.
Acho que por querer tanto isso aprendi a olhar essas coisas com outros olhos, é tudo tão bem trabalhado; uma pessoa que trabalha com isso ela não só pensa no sucesso dela, mas sim no sucesso das outras pessoas que vão adquirir uma peça de roupa daquela marca, ou o que uma pessoa que olha para uma outra pessoa bem vestida pensa, mas ao meu ver antes de tudo isso vem a auto estima da pessoa; está aí a palavra chave da moda “Alto estima”... Já fugi demais do assunto, retomando em 3,2,1
Ao meu ver a moda é uma coisa tão extensa que eu ainda não sei o que fazer dentro desta área; então no mês de agosto resolvi que iria fazer o Enem, e que independente da minha nota eu iria fazer um curso técnico de moda, na qual descobriria qual a minha verdadeira vocação.
Passado alguns dias após o Enem as coisas começaram a dificultar os meus planos para 2017 já não estavam mais tão sólidos como antes, E por influência dos meus pais eu resolvi me arriscar na faculdade no ano seguinte na qual o curso seria Publicidade e Propaganda na qual poderia vir a ser uma ponte para moda lá na frente. Hoje me veio essa dúvida O que fazer? Senhor me dá uma luz!!
Então quero saber de vocês. O que fariam primeiro? O que te dá dinheiro (Que também não é de todo mal)? Ou, O seu real sonho (Na qual você terá o prazer de trabalhar)?